24|25 de novembro

GRUPOS DE PESQUISA | 24/11

AUDITÓRIO

|  UFPR

14h | GELiDis (ECA-USP)

Líder do Grupo | Maria Cristina Palma Mungioli

O painel tem como objetivo estimular o debate sobre a análise da produção televisiva brasileira e internacional a partir dos estudos realizados pelos pesquisadores do GELiDis (Grupo de Estudos Linguagens e Discursos nos Meios de Comunicação). O grupo GELIDis, sediado na Escola de Comunicações e Artes da USP, tem como um de seus objetivos principais estudar formatos, gêneros e temas de produtos televisivos de ficção - telenovelas, séries, minisséries, telefilmes. Além do estudo estrutural da narrativa, do estilo e do roteiro televisivo. A perspectiva de trabalho adotada detém-se no estudo da produção de sentido por meio da linguagem televisiva incorporando discussões acerca de identidades geracionais, de gênero e de classe social; de cultura popular; e da transmidialidade. Trata-se de analisar a produção televisiva -  a partir de sua complexidade narrativa, social e cultural situando-a nos contextos nacional e internacional marcados pela globalização e pela hibridação de formatos e gêneros televisivos. O instrumental teórico-metodológico está embasado nos estudos de linguagem e de estética de Bakhtin, na Análise do Discurso de linha francesa, nos estudos de televisão a partir da vertente dos Estudos Culturais e, principalmente, na abordagem das mediações  proposta por Jesus Martín-Barbero. Tais perspectivas justificam-se pela compreensão de que tanto formatos quanto gêneros  devem ser considerados dentro de um quadro complexo de interpretação do texto televisivo estabelecido a partir de sua materialidade (histórica, social, composicional e tecnológica); portanto, em relação a suas condições de produção, distribuição, circulação e consumo.

Palavras-chave: formatos e gêneros televisivos; temas; gêneros do discurso; linguagens e estéticas de televisão 

14h30 | NEFICS (UFPR)

Líderes do Grupo | Regiane Ribeiro e Elaine Javorski Souza

O NEFICS - "Núcleo de Estudos em Ficção Seriada" é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPR. O grupo tem o objetivo de aprofundar leituras, reflexões e estudos de caso acerca da ficção seriada brasileira, latino-americana e a advinda de outros países. Partindo da teledramaturgia, telenovela, minissérie, série, seriados e chegando às HQs e cinema, este núcleo pretende abarcar pesquisas vinculadas às questões como adaptações, processos produtivos e narrativos, matrizes culturais e representações sociais, estética da imagem, formatos e estilística da teledramaturgia, regimes estéticos de interação, estudos de produção e recepção, além de outras temáticas que direta ou indiretamente digam respeito às reflexões do grupo. Um dos objetivos específicos é fomentar a pesquisa junto à graduação em Comunicação Social.

15h | CINECRIARE (UNESPAR)

Líderes do grupo | Eduardo Tulio Baggio e Cristiane do Rocio Wosniak

O grupo Cinecriare mantém atividades constantes, seja com reuniões de estudos e pesquisa (foram 9 em 2015), seja com participação em eventos e publicações. Foram mais de 20 participações em cerca de 10 diferentes eventos em 2015. As publicações dos integrantes do Cinecriare em 2015 foram tanto em livros e capítulos de livros, como em revistas e anais de eventos. Alguns dos artigos foram publicados, por exemplo, em revistas como Cinémas d'Amérique Latine, Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Revista da FAP, entre outras. Os integrantes do Cinecriare também organizaram eventos como mostras de cinema, em parceria com o MIS-PR, e simpósios, mesas e grupos, em eventos como os encontros da AIM e da SOCINE e o Seminário Nacional Cinema em Perspectiva. Em 2016 o grupo mantém estudos coletivos sobre obras e pensamentos de grandes cineastas, além das pesquisas individuais, com resultados publicados em revistas e capítulos de livros.

15h30 | CIC (UTP)

Líder do Grupo | Denize Correa Araujo

Registrado no CNPq em 2001, o GP Comunicação, Imagem e Contemporaneidade tem por objetivo estudar as teorias da imagem e sua integração em práticas analíticas de objetos em mídias diversas que privilegiem imagens contemporâneas. Serão enfatizados, entre outros, processos digitais e conceitos de hibridação, simulação e manipulação de imagens. Considerando as interfaces entre as diversas mídias, nosso corpus de pesquisa tenciona provocar reflexão não só sobre técnicas de sedução e subjetividade resultantes das novas tecnologias ou por elas produzidas, mas também sobre imagens da atualidade veiculadas em programas televisivos, em outdoors, em filmes e em mídias alternativas que empreguem recursos estéticos em seu fazer comunicativo. Nossa meta é produzir uma publicação conjunta com outros GPs da Compós que estudem a imagem, reunindo artigos de diferentes IES, tentando convergências que podem proporcionar mais temas, incentivando pesquisas na área. Como metodologia, fazemos um encontro mensal com leituras prévias, para discussão dos conceitos teóricos aplicados ao estudo de imagens selecionadas. Um filme por mês, visto previamente pelos participantes do GT, é analisado na reunião mensal.

16h | GRUDES (UTP)

Líder do Grupo | Rafael Tassi Teixeira

O Grupo de Pesquisa Desdobramentos Simbólicos do Espaço Urbano nas Narrativas Audiovisuais, do PPGCOM/UTP, propõe o desenvolvimento de reflexões teóricas e críticas, a partir das múltiplas possibilidades de elaboração simbólica das cidades, dialetizadas no âmbito do cinema contemporâneo e das mídias audiovisuais. As leituras articulam-se em torno do objetivo de investigar relações e conexões que se estabelecem  entre processos sociais, identidade e diversidade, considerando seus modos de presença em narrativas que têm lugar nos centros urbanos da contemporaneidade. Enfatizam-se as diferentes facetas e configurações estéticas das metrópoles des/re/veladas como um lugar de diferença e/ou de confluência, portanto, transcultural e híbrido, com ênfase em seus desdobramentos afetivos e pragmáticos.

2ª JORNADA DE CINEMA E FICÇÃO AUDIOVISUAL 2016

Contato